• Alexandra Gomes

A importância de um animal de estimação no desenvolvimento emocional da criança

O amor que as crianças desenvolvem por um animal de estimação é único e genuíno. O animal acolhido é esperado que seja de estimação pois, seja grande ou pequeno, ensina, diverte, faz companhia e é muito fiel.


A presença de um animal de estimação na vida de uma criança promove o seu desenvolvimento emocional, cognitivo, social e físico. Este desenvolvimento adquire-se através da aquisição das seguintes habilidades:


1. Ser mais responsável. Com a presença de um animal em casa, as crianças devem ficar responsáveis pelo alimento/água do seu animal e para os mais crescidos, fazer o característico passeio higiénico do seu amigo de quatro patas.


2. Fortalecer laços familiares. O animal torna-se o foco das atividades desempenhadas em família, seja através dos passeios higiénicos diários, dos momentos de brincadeira ou das oportunidades para ser alimentado.


3. Usufruir da companhia permanente de um amigo. Ter uma companhia constante, sobretudo na vida dos pais novos, representa uma fonte de conforto, mesmo nos momentos mais difíceis. Quando as crianças sentem raiva, medo ou tristeza, podem recorrer ao seu amigo de estimação. Ao brincar, acariciar e dedicar o seu tempo ao seu amigo de estimação, as crianças veem diminuídos o stresse e a ansiedade.


4. Manter-se saudável. Ter um animal de estimação ajuda no combate a várias doenças, inclusive alergias. Para além disso, o facto de deixar as crianças tão felizes contribui para o fortalecimento do seu Sistema Imunitário (SI). Por exemplo, quando um animal lambe uma criança, transfere bactérias que a expõem a esses antigénios e fortalecem o SI.


5. Ter uma vida mais ativa. Brincar com um cão ou fazer as caminhadas diárias exerce na criança a realização de mais atividade física.


Ter um animal de estimação representa um benefício enorme para todos e um ato de amor para o animal, fonte de cuidado, empatia, altruísmo e amor incondicional.


36 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo

Com a azáfama do dia a dia, o tempo torna-se um valor escasso. E esta escassez é sentida no cuidado próprio e no cuidado com os outros. Especificamente com os pais, mesmo cumprindo o “transporte” dos

O Bullying continua a estar presente nas escolas e parece mais forte e imprevisível. São cada vez mais as ações de sensibilização, as diretrizes de atuação e os manifestos da comunidade. O texto que s

A escola não tem nem deve ser uma inimiga, sendo importante que os alunos façam de si uma amiga! Para começar, podem fazer uma lista de tudo o que não lhes agrada e outra do que mais gostam na escola.