• Alexandra Gomes

Bullying…entre professores: como atuar?

Quando se fala em Bullying, espontaneamente considera-se como sendo uma realidade grave entre crianças. Mas o Bullying é também uma realidade entre os adultos, particularmente entre os professores, com elevados riscos para a sua saúde física e mental.


Umas das consequências mais nefastas da prática do Bullying para com os professores são a depressão e o Síndrome de Burnout, com implicações como a Baixa médica e o consequente afastamento da prática letiva.


Frequentemente, os professores afirmam serem vítimas de agressões verbais ou intimidações por parte dos alunos, dos seus pais e dos próprios colegas de trabalho. Por esse motivo, a escola assume uma grande responsabilidade na cultura do respeito e da proteção, também destas vítimas.


A prática do Bullying para com os professores acontece, por exemplo, na sala de aula, através da ridicularização dos alunos ou por boatos espalhados entre a comunidade escolar e, também, por Cyberbulling, por meio das redes sociais.

Derivado da prática do Bullying, a sintomatologia desenvolvida pelo professor é a seguinte: distresse (stresse “negativo” prejudicial); ansiedade; somatização; tristeza; depressão.


A comunidade escolar na qual o professor se encontra tem o dever de disseminar a cultura de paz no contexto escolar, seja através da sensibilização de normas de comportamento e respetivas consequências para com o agressor, seja através da disponibilização de apoio na gestão da sala de aula de cada professor e do auxílio psicológico.


A escola deve representar, antes de mais, um meio que fomente o respeito, a tolerância à diversidade e a criação de laços de amizade entre os elementos que nela se encontram.


Os professores devem procurar toda a ajuda necessária e persistir na profissão que conquistou os seus corações. Afinal, “a arte de ensinar é um dom de poucos”!

75 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo

O desgaste que é provocado pelo exercício da atividade de ensino, tem impacto significativos na saúde mental dos professores, sendo, por isso, importante que sejam aplicadas metodologias e abordagens

Estamos em Dezembro! Os dias estão menos claros, a chuva marca o seu lugar e o frio, timidamente, tenta aparecer e ficar, mas ainda por breves momentos. Seja de que forma for, por entre resquícios pa

O Halloween, sendo uma data comemorativa multicultural onde se homenageiam os que morreram, fascina crianças, jovens e adultos. Apesar de ter origem pagã, os cristãos incluem a data nos seus calendári