top of page
  • Foto do escritorAlexandra Gomes

Como promover a perseverança nos filhos


Uma das características humanas mais importantes é a perseverança. A vida é desafiante e ser persistente e constante na maneira de ser e estar é uma ferramenta poderosa, especialmente para alcançar os objetivos pré-definidos. Por isso é muito importante trabalhar e incutir este valor nas crianças.


De que forma podem os adultos promover a perseverança nos seus filhos?


1. Dando o exemplo. “Educamos pelo exemplo”. Este é o ponto fulcral de uma educação consistente e positiva. Quando os filhos veem que os pais definem objetivos e trabalham para alcançá-los, mais facilmente os querem imitar, seja estudando, preparar uma receita ou construir o puzzle mais difícil que possa ter. Com o exemplo, menos facilmente se dará por vencido e que os resultados do sucesso são verdadeiramente satisfatórios.


2. Ensinar a gerir a frustração. A frustração está presente na vida desde cedo e ao longo do Ciclo. Por isso, é importante aprender a geri-la, seja através de técnicas de relaxamento, antecipação da recompensa ou expressar o que sentem e pensam.


3. Familiarizar as crianças com conceitos como “paciência” ou “tolerância”. É importante que as crianças aprendam que nem sempre as coisas são instantâneas e requerem tempo, trabalho e dedicação para consegui-las. Quanto mais novos, mais difícil é integrar estes conceitos, mas, à medida que crescem, as crianças são capazes de entender de forma clara este conceito, aliando prática e carinho para ensiná-los a serem mais pacientes.


4. Desenvolver projetos em conjunto. É muito gratificante para as crianças partilharem com os pais da construção ou elaboração de algum projeto e, ao longo do mesmo, serem emitidas frases tão importantes como “tranquilo, tem paciência”, “a seu tempo”, “voltaremos a tentar”…


5. Ser positivo. Tão importante quanto o esforço despendido para alcançar objetivos é a atitude com a que se gere e supera o fracasso. Afinal, “cair todos caímos…a arte e a coragem está na forma como nos levantamos e o que aprendemos com a queda”. E isto é viver, não com medo ou insegurança, mas feliz e seguro no seu caminho.


6. Fortalecer a confiança e a autoestima. Por trás da capacidade em superar o fracasso está a estima e a confiança em si próprio. Sentir-se capaz e valioso, apesar de qualquer fracasso é fundamental para criar um adulto feliz.


Em suma, é importante ter estes pontos em conta desde muito novos, a fim de ser promovida a sua independência e a sua capacidade em tomar decisões, festejar os grandes ganhos e aumentar a sua autoestima e assim ver aumentada a sua perseverança e a sua resiliência.



44 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo

Коментарі


bottom of page