top of page
  • Foto do escritorAlexandra Gomes

Benefícios da escrita manual na melhoria da memória


A utilização permanente dos telemóveis, portáteis ou tablets para tirar notas diminui acentuadamente as vezes em que se escreve manualmente. Afinal, ter um teclado ao alcance de cada um, todo o tempo, é muito conveniente: escreve-se mais rápido e não se corre o risco de perder o papel das anotações, o que facilmente acontecia.


No entanto, escrever à mão é uma prática que jamais devia ser abandonada, auxilia a organização e melhora a memória.

Cada vez são mais bonitos e completos os cadernos de notas, os blocos de apontamentos e as clássicas agendas de papel. Além disso o processo de escrita manual é um ótimo catalisador para o trabalho da memória, aumentado a produtividade e priorizando as tarefas a realizar, de forma mais eficaz.


Por sua vez, a utilização frequente das novas tecnologias para anotar listas e “não esqueceres” promove sim, a memória desses equipamentos… Afinal, a memória é deles e não de quem escreve.  


Vários estudos defendem que quando se escreve à mão, a memória melhora consideravelmente. Por exemplo a recordação de novas palavras, a curto e a médio prazo, era melhor quando eram escritas manualmente do que recorrendo aos teclados. De facto, a escrita manual é mais complexa e um maior ativador das atividades da rede neuronal, essenciais para a criação de memórias e a codificação de nova informação.


Em suma, quando se recorre à escrita através do uso do lápis ou da caneta desenvolvem-- se processos sensoriomotores mais complexos, ajudando a melhorar a recordação do que foi escrito, contribuindo para uma otimização da memória.

 

27 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo

O papel da literacia financeira no desenvolvimento infantil

A incorporação de conhecimentos sólidos em Literacia Financeira (LF) é fundamental para o sucesso da Educação e para o exercício pleno da cidadania. Segundo a OCDE (Organização para a Cooperação e Des

“As máscaras que não queremos tirar”

Estamos em época carnavalesca e esta é uma fase em que também os adultos aproveitam para se fantasiar de personagens que gostavam de ter sido ou de figuras que lhes permitam ser quem naturalmente não

bottom of page