• Alexandra Gomes

Como despertar nas crianças a prática da Gratidão

“A gratidão converte o que temos em suficiente. É um sinal de almas nobres”.

Esopo


A Gratidão é um dos valores mais nobres do Ser Humano e uma emoção geradora de Seres Felizes e Resilientes.


Educar as crianças em gratidão, ensinar-lhes essa virtude, vai para além de responder com um “obrigado”. Ser grato é muito mais…É uma mentalidade e um modo de estar na vida.


A gratidão deve ser desenvolvida por todas as crianças para que estas sejam capazes de reconhecer o que os outros fazem por ela, desenvolvendo características como a generosidade e a bondade.

Uma criança grata é menos egoísta, mais feliz e com mais facilidade no relacionamento interpessoal.

Vários estudos defendem que a prática da gratidão tem vários benefícios, entre eles:


- Reduz o risco da depressão;

- Aumenta a satisfação interpessoal, e;

- Aumenta a capacidade de resiliência.


O ensino da gratidão dá-se através da adoção de algumas estratégias, tais como:


1. Dar o exemplo: educa-se não tanto pelo que se diz, mas sobretudo pelo exemplo. Quando as crianças veem nos pais gestos de gratidão, generosos, valorizando as coisas mais simples da vida, vão querer seguir o seu exemplo.


2. Ensinar a partilhar. A criança que aprende a partilhar e a valorizar o que possui, tem em consideração os outros e amplifica a sua perceção do mundo.


3. Agradecer às crianças quando fizeram algo bom. Quando as crianças fazem algo bom, os adultos devem agradecer-lhes. Deste modo, as crianças sentir-se-ão importantes e que há coisas simples que agradam os outros e fazem-nos felizes.


4. Falar sobre as coisas boas pelas quais se está grato. É muito importante pedir às crianças que expressem o porquê de se sentirem gratas, sem julgar o seu argumento. Desta forma são gerados diálogos que ajudam a valorizar as coisas boas que acontecem na vida.

Ao ensinar a gratidão às crianças, os adultos também reiteram o facto de que muitas coisas boas são presentes que tiveram o privilégio de receber.

A prática diária da gratidão permite, assim, elevar a frequência emocional de quem a prática e aumentar os momentos felizes e de conexão com os outros.

45 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo

Os castigos ainda existem na conduta parental portuguesa e nalguns contextos escolares (tal como tempos reduzidos de intervalo, a escrita repetida de frases do que não deve fazer, os trabalhos de casa

Tal como os adultos, e sendo inerente a todos os seres vivos, a “perda”, de algo ou alguém importante, é inevitável. Dependendo da dimensão da perda, construir algo depois do fim, parece ser uma taref

“Ao final do dia, uma boa família deveria fazer com que tudo fosse inesquecível.” (Mark V. Olsen) Educar é uma tarefa diária desafiante. Se não for realizada de forma adequada, a educação pode “desedu