• Alexandra Gomes

Quando os pais hiperprotegem os filhos

O nascimento de um filho representa o desejo de o fazer feliz, tranquilo e distante de todos os perigos. Os pais temem pela sua felicidade e a vontade de sentir as dores pelos filhos é inigualável. A ânsia de proteger o filho é tão grande que se corre o risco de o hiperproteger, contaminando todo o seu desenvolvimento e bem-estar.


Segundo as terapeutas Cátia Lopo e Sara Almeida, a hiperprotecção dos filhos, gera nos próprios, os seguintes constrangimentos:


1. Dificuldades no desenvolvimento da própria autonomia, nas suas demandas quotidianas (sociais, pessoais e escolares), bloqueando quando algo inesperado acontece.


2. Dificuldades em gerir a frustração, uma vez que as necessidades destas crianças são permanentemente satisfeitas, não sentindo que têm que conquistar algo.


3. Insegurança, por sentirem que não conseguem fazer nada sozinhas. Este sentimento agudiza o medo de falhar e diminui a vontade de arriscar.


Todas as crianças precisam que os pais cuidem delas, protejam e garantam o seu bem-estar e segurança. Contudo, um dos maiores desafios dos pais, na educação e no desenvolvimento das crianças, é:


- Serem capazes de, progressivamente, darem espaço à criança, reduzindo os seus níveis de proteção;

- Permitirem que a criança experimente vários papéis;

- Permitir que a criança erre e vivencie sentimentos de frustração.


Desta forma, a criança vai desenvolvendo estratégias para lidar com a frustração, o que contribui para a sua evolução emocional e o seu desenvolvimento salutar.


Fonte: Os riscos que corre uma criança hiper-protegida (uptokids.pt)

59 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo

(Para mim) ser mãe é, antes de mais…não querer ser uma mãe perfeita… Não temos filhos perfeitos, mas, desde que nascemos, tentamos melhorar, dia após dia, e este é um grande desafio. (Para mim) ser bo

As férias estão aí! É tempo de descansar, criar, fazer o que havia para fazer, usufruir dos dias longos de verão e… sobreviver às férias com as crianças, 24h por dia!! O que é uma época tão esperada d