• Alexandra Gomes

Estratégias de promoção da Inteligência Emocional

Estamos rodeados de emoções.

A experiência de vida é emocional.

Não há vida sem emoções.


Estas são afirmações que justificam a importância da compreensão das emoções e do perfil emocional de si próprio e dos outros.


No entanto, ter um elevado QI (Quociente de Inteligência Geral) não implica ter uma elevada Inteligência Emocional (IE), apresentando dificuldades em identificar e regular as próprias emoções e as dos outros.


Para Daniel Coleman (2012), ter uma boa IE implica obter um equilíbrio entre o racional e o emocional e envolve o desenvolvimento de algumas competências transversais, entre elas o autoconhecimento. Ao promover o autoconhecimento, o indivíduo está a desenvolver a sua IE. Algumas das formas de promover a IE, através do autoconhecimento passam pela adoção de várias estratégias, de forma diária e persistente.


Assim, o indivíduo deve:


1.Começar o dia na noite anterior. Deve dormir em média 7h ou mais, pois um cérebro cansado dificulta a reação de forma inteligente.


2.Reservar os primeiros minutos do dia para uma reflexão solitária. Ao chamar a própria atenção para o que está a sentir nesse momento, está a aprender a regular as suas emoções, para benefício próprio. Por exemplo, refletir nas atividades mais importantes que vai ter nesse dia, nas pessoas que possivelmente irá encontrar, os objetivos que irá alcançar, são estratégias antecipatórias de uma boa capacidade de autorregulação emocional.


3.Praticar exercício físico. Melhora o estado humor e potencia a motivação pessoal.


4.Meditar pela prática da Atenção Plena (Mindfulness). A prática da meditação diária melhora o raciocínio, a resiliência, a motivação e o autocontrolo. Por isso, concentrar a atenção num objeto e tranquilamente chamar a atenção ao objeto, quando esta se desviar, deve ser uma prática diária, com a duração de, pelo menos 10 minutos.


5.Cuidar do humor. A perceção do mundo, sobretudo no início do dia, é influenciada pelo estado de ânimo do indivíduo. Assim, quando despertar deve ativar em si um estado de ânimo positivo, por exemplo, através da prática da gratidão por ter vivenciado uma boa noite de sono, pelo conforto da cama e por despertar e ter mais uma oportunidade de desenhar o novo dia da forma mais colorida e desejada.


6.Escrever diariamente sobre as próprias emoções.


7.Reflexão coletiva. Através de grupos de pessoas, mais ou menos homogéneos, é partilhada uma problemática e definidas várias soluções para superar esse desafio, aprendendo uns com os outros.


Ao serem desenvolvidas as estratégias acima apresentadas, de forma prazerosa, o indivíduo vê aumentada a sua Inteligência Emocional e sentir-se-á muito mais feliz! Ao serem desenvolvidas as estratégias acima apresentadas, de forma prazerosa, o indivíduo vê aumentada a sua Inteligência Emocional e sentir-se-á muito mais feliz!



49 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo

A importância do brincar no desenvolvimento infantil

As brincadeiras têm um papel muito importante na vida das crianças, pois, entre vários motivos, contribuem para a promoção do seu desenvolvimento psicoemocioal. Por isso, é muito importante que todas

Uma emoção em crise: Amor-Próprio

O Amor-Próprio significa ter estima e confiança por si próprio e é fundamental para criar uma relação saudável com o próprio e com o outro. Quando se sente esta emoção, tão presente na própria vida, s