• Alexandra Gomes

O que fazer quando a Criança ou o Jovem são vítimas de Cyberbullying

O Cyberbullying pode ser um dos tipos de “ataques online” mais destrutivos que existe. Os Cyberbullies, usualmente passam-se por outras pessoas e aproveitam-se das suas inseguranças e vulnerabilidades para humilhá-las e atacá-las psicologicamente.

Perante situações de Cyberbullying os pais devem, antes de mais: manter a calma, controlando as próprias emoções e evitar reagir de forma impulsiva, não culpar a criança ou o jovem pelo sucedido e não proibir o uso das TIC, situação que irá agudizar os comportamentos das crianças/dos jovens, pela resistência ao seu uso. É essencial que as crianças/os jovens sintam confiança nos adultos para denunciar possíveis agressões ou ameaças que estejam a sofrer.


Para além destas, existem outras medidas que os adultos devem adotar para com as crianças e os jovens:


- Oferecer apoio e conforto à vítima, garantindo que a culpa não é dela e elogiá-la pela coragem em falar;


- Recordar que não está sozinha e que juntos encontrarão uma solução para o que está a passar;


- Levar as ameaças e sério, demonstrando empatia pelo que a vítima está a passar. Ouvir as suas queixas e estar atento aos sinais emocionais, não a deixando sofrer em silêncio.


- Guardar as provas, recorrendo a capturas de ecrã, impressões ou fotografias das mensagens que demonstrem atos de Cyberbullying, ajudem a identificar os agressores e sirvam de elementos de prova.


- Bloquear e denunciar os agressores. Deste modo, estes deixam de ter acesso às mensagens que comprovam as agressões. Os adultos devem, também, assegurar que alguém da sua confiança mantém o acesso a esse perfil ou mensagens para ajudar a documentar as agressões;


- Contactar as autoridades (PSP ou GNR – Escola Segura e Comissão de Proteção de Crianças e Jovens);


- Procurar ajuda especializada.


Infelizmente por variados motivos, o Cyberbullying vai continuar a existir. Por isso, ao adotar as medidas acima apresentadas, não só se pode evitar estas situações danosas, como interrompê-las quando são praticadas.


37 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo

(Para mim) ser mãe é, antes de mais…não querer ser uma mãe perfeita… Não temos filhos perfeitos, mas, desde que nascemos, tentamos melhorar, dia após dia, e este é um grande desafio. (Para mim) ser bo

As férias estão aí! É tempo de descansar, criar, fazer o que havia para fazer, usufruir dos dias longos de verão e… sobreviver às férias com as crianças, 24h por dia!! O que é uma época tão esperada d

Como foi referido no artigo anterior, apesar da gravidade, pelo anonimato do agressor, e da incapacidade de circunscrever o Cyberbullying a um período de tempo ou determinado espaço, os pais e educado