• Alexandra Gomes

Os benefícios da Música na Infância

Vários estudos têm sido desenvolvidos sobre o impacto da música na vida das crianças.


A música está presente numa variedade de atividades sociais e pedagógicas: ouve-se música nas lojas, nas ruas, em casa, no carro…


Dada a importância da música, não é novidade que os pais recorram a esta ferramenta para expressar alegria ou serenar os filhos.


Mas qual o impacto da música nas crianças?


Vários autores defendem que a exposição à música desde a primeira infância ajuda a que as crianças comuniquem mais claramente, aumentem o seu léxico verbal e promovam as suas competências sociais e emocionais.

Howard Gardner (1983), autor da Teoria das Inteligências Múltiplas, enfatizou a Inteligência Musical, igualando a sua importância às Inteligências Lógica e Emocional. Esta equação deve-se ao facto de que a música tem a capacidade de fortalecer a conexão entre o corpo e o cérebro para trabalharem juntos.


O melhor período para fomentar o desenvolvimento da Inteligência Musical é entre o nascimento e os 6 anos de idade. Nesta fase, as crianças já percebem os sons e as notas musicais e conseguem distinguir autonomamente “frequência”, “melodia” e “estímulos”.


Os pais desempenham um papel fundamental na educação musical dos filhos, sobretudo quando se pretende expandir o seu horizonte musical. A investigação sugere que crianças cujas famílias estão mais orientadas musicalmente são mais reguladas emocionalmente e possuem uma capacidade musical e mental mais desenvolvida.


Em termos de parentalidade, quando os pais e os filhos gostam de música simultaneamente, a sua vinculação melhora (ainda mais)!


No final, a música é uma ferramenta essencial, na medida em que ajuda a família a ter mais qualidade de vida.

45 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo

A felicidade de ter um filho e o desejo que ele cresça e seja feliz é grandioso e sem limites. O amor é incondicional e o medo que algo de mal lhe aconteça é diretamente proporcional. As emoções sobre

As crianças, como seres especiais e únicos que são, comunicam das mais variadas formas, seja através do comportamento ou da postura corporal, seja através de brincadeiras ou até mesmo de uma linguagem

“A educação financeira é um elemento fundamental na educação”. Quem o diz são os autores da obra literária, intitulada “Educação Financeira na Escola” (Ed. Paco & Littera). Conceitos como “endividamen