• Alexandra Gomes

Os principais sinais da “ansiedade face os testes”

Os “testes de avaliação” estão aí e todos os Ciclos de ensino não escapam aos “exames”.


Qualquer época de avaliação é um desafio para as crianças, os jovens e os pais, dependendo a sua intensidade da forma como a percecionam. Nesta época, geralmente, os alunos tendem a ficar mais irritados, enfadados e desanimados e os pais preocupados com a sua dedicação e o seu resultado nesta época de avaliação.


Cada criança/jovem perceciona de forma diferente esta época e a pressão a ela associada, gerando nalgumas, maior stresse ou ansiedade a partir do medo de falhar, de pensamentos negativos, pelas expectativas dos pais, pela baixa autoconfiança ou pelo perfecionismo.


Precisamente porque esta é uma época potencialmente geradora de sofrimento e nem todas as crianças expressam abertamente o que sentem em relação aos testes/exames, os pais devem estar atentos a alguns sinais.


Alguns desses sinais, reflexo da “familiar” ansiedade face os testes são:

· Falta de autoconfiança, através de expressões “não vou conseguir”, “vou ter negativa a tudo”;

· Isolamento dos amigos;

· Sintomas físicos como cefaleias, aperto no peito, náuseas, perturbações gástricas;

· Irritabilidade e frustração;

· Perturbações do sono (dificuldades em adormecer/acordar ou pesadelos recorrentes);

· Pensamentos negativos recorrentes.


Quando identificados estes sinais, torna-se mais fácil apoiar os filhos e ajudá-los a superar esta época mais desafiante, adotando algumas medidas específicas, com a ajuda dos professores e de técnicos especializados.


Fonte: Testes e Exames - Escola SaudávelMente (escolasaudavelmente.pt)

153 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo

A felicidade de ter um filho e o desejo que ele cresça e seja feliz é grandioso e sem limites. O amor é incondicional e o medo que algo de mal lhe aconteça é diretamente proporcional. As emoções sobre

As crianças, como seres especiais e únicos que são, comunicam das mais variadas formas, seja através do comportamento ou da postura corporal, seja através de brincadeiras ou até mesmo de uma linguagem

“A educação financeira é um elemento fundamental na educação”. Quem o diz são os autores da obra literária, intitulada “Educação Financeira na Escola” (Ed. Paco & Littera). Conceitos como “endividamen