top of page
  • Alexandra Gomes

(Para mim) Ser mãe é...

(Para mim) ser mãe é, antes de mais…não querer ser uma mãe perfeita… Não temos filhos perfeitos, mas, desde que nascemos, tentamos melhorar, dia após dia, e este é um grande desafio.


(Para mim) ser boa mãe é querer superar-me, dia após dia, e, tendo presente que as quedas certamente ocorrerão, mas garantindo o levantar e o persistir… o seguir em frente.


(Para mim) ser boa mãe é conseguir que os filhos se inspirem e modelem o que eu sou, mais do que o que digo… As palavras valem o que valem, se o exemplo demonstrar o oposto.


(Para mim) ser boa mãe é ser empática: é conseguir (ou fazer por…) compreender o que os filhos estão a sentir. É colocar-me no seu lugar, é usar a sua linguagem e conseguir chegar até eles…


(Para mim) ser boa mãe é conseguir colocar amor num “não”.


(Para mim) ser boa mãe é querer ser melhor (mulher, amiga, profissional) e através desse exemplo inspirar os filhos a querer ser boas pessoas.


(Para mim) ser boa mãe é chegar ao fim do dia e saber ver o que se pode melhorar para o dia seguinte…


34 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo

A Psicopedagogia é a área do conhecimento que estuda a forma como o ser humano aprende e quais os desafios que podem surgir nesse processo e formas de potencializá-lo. A compreensão da forma de aprend

“Dão-se bem…ou são irmãos?”. Esta é uma questão partilhada pela Psicóloga Catarina Lucas, ao referir-se à comunicação pertinente de profissionais de saúde infantil sobre a dinâmica entre os irmãos. Es

bottom of page