• Alexandra Gomes

“Ser Mãe é…” – Declaração às Mães

Ser Mãe.


Ser Mãe é saber ser muitos papéis e também ser “a melhor mãe do mundo”!


Ser Mãe é acolher toda a família, é rir com o corpo todo, mesmo após lágrimas de cansaço e escassos momentos de sono.

Ser mãe é saber que “amanhã vai ser melhor…”


Ser Mãe é conseguir ser Multitasking e achar que é “natural” cuidar do jantar, ajudar os filhos nos trabalhos de casa, dar uma palavra de conforto aos avós e não prescindir de palavras de amor e de incentivo aos filhos após um dia mais desafiante, também para eles.


Ser Mãe é também permitir-se falhar e, de falha em falha, crescer com os filhos, evoluindo como Ser Humano Autêntico.

Saber ser Mãe é ter a garantia que o melhor do mundo para uma criança é a entidade de Mãe.


Contudo, “ser Mãe, às vezes, pode ser uma viagem solitária”… Por vezes, as mães são circundadas por sentimentos contraditórios, dúvidas e por uma sensação de “ingratidão” por parte dos filhos.


No final, “o mundo é tão melhor quanto mais mães amarem de forma singular os seus filhos, como só uma entidade Mãe, com “certificado de qualidade” sabe amar” (https://uptokids.pt/author/escola-do-sentir).

55 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo

Ensinar a Criança a Lidar com a Frustração

Uma das características que mais inquieta os pais é a dificuldade dos filhos crianças em lidarem com a frustração. Sem saber bem como tudo começou, esta incapacidade parece ter advindo do fascínio dos

Educar Sem Violência numa era Pandémica

No decorrer desta pandemia, ao contrário do que inicialmente aspirávamos e nos agarrávamos para tentar encontrar, desde o início, pontos positivos para o que se estava a passar, verifica-se que não no

Os limites dos limites na parentalidade

“A minha liberdade termina onde começa a liberdade do outro”. Esta é uma frase, desde sempre, presente nos princípios humanos, que pauta a organização e a fluidez da vivência em comunidade. Mesmo para