• Alexandra Gomes

Tempo para os pais

Antes de serem pais da Maria, são o Rui e a Ana, dois seres com qualidades, características a melhorar, gostos e desgostos, experiências de vida que os tornaram nas pessoas que são hoje, com vários papéis, entre eles o de se ser pai e mãe.


Na realidade com alguma facilidade assumem o exercício da parentalidade como o seu papel de vida e até aí está tudo bem, quando essa escolha não implica o anular da pessoa que são, com todas as desvantagens da negligência por si próprios.


A questão é que por serem seres extraordinários, o Rui e a Ana são importantes e, por isso, é essencial que encontrem tempo para ti, cuidem de si, tenham presente a importância de estarem bem com eles próprios e, por conseguinte, com os seus filhos. Afinal “educamos por quem somos”.


Assim, as Coach’s Parentais, Ângela Coelho e Sandra Belo (2011) apresentam um conjunto de ideias para os “Ruis” e as “Anas” de todas as famílias poderem ganhar mais tempo para si.


  1. Marcar na agenda, preferencialmente a esferográfica (para um maior comprometimento), com alguma regularidade, um tempo para fazer algo importante para si (ida ao cabeleireiro, café final de tarde, visitar um(a) amigo(a), andar pelas ruas sem ter que ir a lado nenhum…).

  2. No meio do trânsito, escolher sonhar, cantar, rezar, ouvir a sua música preferida, fazer algo que considere prazenteiro para si.

  3. Enquanto as crianças brincam, aproveitar para ler o livro que há tanto aguarda ser lido, um jornal, uma revista.

  4. Namorar, passar tempo de qualidade, seja um jantar, um almoço ou um lanche a dois.

  5. Entre a saída do trabalho e o momento de ir buscar os filhos à escola, porque não, simplesmente estar, mesmo que por 15 minutos? Parar e aproveitar para refletir sobre os acontecimentos bons desse dia, olhando positivamente para os desafios que se aproximam.


Investindo em tempo de qualidade para si, os ganhos do Rui e da Ana, nos múltiplos papéis desempenhados são superiores ao risco do que se pode perder!



Referência Bibliográfica


Belo, S. & Coelho, Â. (2011). Family Coaching. 36 desafios para pais extraordinários. Lisboa: Academia do Livro.

70 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo

Três “Presentes” dos pais para os filhos

Os pais, com todo o Amor que sentem pelos filhos, garantem que estes tenham acesso a tudo aquilo que precisam para estarem felizes e terem um desenvolvimento saudável. O desafio surge quando, o que ac